segunda-feira, 10 de agosto de 2009

Não estou com depressão pós-férias...


...mas não estou nada feliz por estar de regresso!
Ontem à noite ainda ponderei não aparecer hoje, podia ser que não dessem pela minha falta, mas resignei-me e aceitei, a custo, o fim das férias!
Passaram a correr, mas já deu para descansar e para fazer algumas, apenas algumas, das tarefas agendadas para estas últimas 3 semanas.
Deu para ir à praia, para fazer serões (o que eu adoro) e para passar a manhã na cama, e, melhor que tudo, deu para matar saudades de estar 24 horas seguidas com a Leonor...agora custa voltarmos à rotina...penso que me custa mais a mim do que a ela...
Também deu para passarmos várias horas em estabelecimentos de saúde:
dia 21: consulta dos 2 anos com o pediatra
dia 30: consulta com outro pediatra com o objectivo de ouvir uma 2ª opinião sobre as perninhas da Leonor; este aconselhou uma ida a um ortopedista no início do inverno para um possível uso de botas ortopédicas
dia 3: 5 longas horas de espera nas urgências: a Leonor aparentava ter herpes genital...
dia 5: consulta de ginecologia com o meu médico de família
dia 6: consulta dos 2 anos com o médico de família; afinal, não deveria ser herpes genital, as borbulhas deviam-se ao calor...
e parece que teremos de recorrer ao pediatra: as borbulhas ainda não melhoraram...a ver vamos!
Com este diagnóstico, a praia ficou proibida para a Leonor e consequentemente para mim nesta última semana...
Mas o balanço das férias foi muito positivo, é o que interessa!
A Leonor continua de férias no que respeita a acordar cedo; o pai está de férias e assim pode acordar mais tarde ainda mais alguns dias...
Eu, vou começar a contar os dias que faltam para a minha semana de férias em Outubro...huumm, talvez seja melhor não começar já...
Agora, há que enfiar a cabeça no trabalho...mas onde é que pára o apetite?...

4 comentários:

Os Nossos Dias... disse...

lol...Bjos Grandes

Carolina e António disse...

Custa tanto o regresso....Mas foram umas belas ferias...
As melhoras e bjocas

SONHADOR disse...

Custa sempre o regresso.
Quando a gente se habitua, já as férias estão a acabar.

Vá...
O 1º dia é sempre o pior.

Beijos.

Maria José disse...

Pois eu estou exactamente como tu, mas tem de ser
bjokas